quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Os oregos podem suicidar o cancro da próstata

Esta erva aromática demonstrou um efeito desconhecido no
cancro da próstata. Um grupo de anciãos transmontanos
fitófilos, chegou à conclusão que os oregos levam as células
cancerígenas ao 'suicídio'. Pelos resultado da baixa dos PSA
ao longo de Alguns anos.
Quando chegou ao conhecimentos de cientistas americanos,
verificaram que esta erva tem propriedade anti-cancerígenas.
Que poderão curar o cancro da próstata.
Depois de um estudo conduzido por equipa cientifica ligada
ao foro prostático.
Perante um estudo aprofundado confirmou, que confirmou que
os Orgãos conduzem as células do cancro da próstata ao 'suicídio',
abrindo a porta ao desenvolvimento duma terapia contra este
tumor que pode ser fatal.
A descoberta seguiu-se a outras investigações que já tinham
demonstrado que as pizzas também ajudam a reduzir as hipóteses
de contrair cancro, efeito que era atribuído a uma substância no
molho de tomate.
No caso dos orégos, a substância que provoca o 'suicídio celular'
é o carvacrol.
Perante estas afirmações uma equipa liderada por Supriya Bavadekar,
 professora de farmacologia,realizou testes em células cancerígenas e 
os resultados evidenciaram a potencialidade desta erva aromática 
ser transformada na base dum fármaco anti-cancerígeno.
"Sabemos que os oregos possuem propriedades anti bacterianas e
anti-inflamatórias, mas os seus efeitos nas células cancerígenas
podem dar-lhe uma nova utilidade.


Sem comentários:

Enviar um comentário